QUARTO MONTESSORIANO

Oi gente, tudo bem com vocês? Todo mundo, ou pelo menos a grande maioria de vocês viram o quartinho da Maria Flor que foi postado no instagram da Débora Secco. Mas vocês sabiam que o o quartinho dela foi inspirado no método Montessori? Vocês já ouviram falar deste tipo de quarto?

Hoje vou falar de quarto montessoriano, desde que descobri sobre eles eu que fiquei apaixonada e doida para montar para Maria, mas tinha dúvidas sobre em que momento fazer. Algumas mães já fazem o quarto desde antes do bebê nascer. Eu achei melhor esperar a Maria ter mais autonomia, engatinhar melhor.

Não tem como falar de um quarto montessoriano sem falar da idealizadora do método montessori, Maria Montessori  (1870 – 1952) nascida em 31 de agosto de 1870 na cidade de Chieravale, na Itália. Primeira mulher a se formar em Medicina em seu país, logo se interessou pelos mecanismos de desenvolvimento do aprendizado infantil.

Com ênfase no desenvolvimento infantil durante a primeira infância e com aplicação universal, o Método Montessori parte do princípio de que todas as crianças tem a capacidade de aprender através de um processo que deve ser desenvolvido espontaneamente a partir das experiências efetuadas no ambiente, que deve estar organizado para proporcionar a manifestação dos interesses naturais da criança, estimulando a capacidade de aprender fazendo e a experimentação da criança, respeitando fatores como tempo e ritmo, personalidade, liberdade e individualidade dos mesmos.

Ao focar esse desenvolvimento na primeira infância, Montessori defendia atividades que favorecessem o movimento e o toque, por acreditar que nesta fase o caminho do intelecto passa pelas mãos, partindo da experimentação do concreto para a compreensão do abstrato num esforço contínuo de explorar e reconhecer o mundo através das propriedades presentes nos objetos selecionados nas diferentes atividades: tamanho, forma, cor, textura, peso, cheiro, barulho, etc.

Além de um ambiente adequado e cheio de estímulos e da preparação de adultos para auxiliar a criança em seu desenvolvimento sem interferir ou influenciar suas escolhas, o método é reconhecido pela utilização de materiais desenvolvidos para proporcionar experiências concretas, estruturadas para conduzir de forma gradual abstrações cada vez maiores.

Com base neste conhecimento decidi montar um quarto para a minha filha, dai iniciei uma busca para me ajudar a escolher. Segundo a linha, os ambientes devem ser adaptados para os pequenos da maneira como eles enxergam o mundo – e tudo isso pode ser também aplicado na hora de montar o quartinho do baby.

Ao invés de camas altas, colchões no chão oferecem maior autonomia para as crianças – que podem deitar e levantar quando quiserem. Dispor os brinquedos de forma que elas possam pegá-los para brincar também é importante – dessa maneira, além do conceito de autonomia, o da organização também é trabalhado (afinal, os pequenos conseguirão guardar seus próprios objetos). A ideia principal é que os filhotes explorem seu dormitório, para que cresçam livres e autoconfiantes.

Bom, para o quarto da Clara selecionei algumas fotos para me basear e vou dividir com vocês agora.

Observe na foto abaixo como os livros e brinquedos estão organizados. Todos na altura dos babys. Todos sabem a importância que os livros desempenham na educação infantil. Então, para estimular ainda mais a leitura, deixe as obras ao alcance dos pequenos.

 

Que tal criar um ambiente lúdico com uma cama em forma de casinha feita de madeira? As crianças vão adorar! Para mim esta é a melhor parte, tem cada cama linda.

Colocar tapetes no quarto também é uma boa alternativa (lembre-se de lavá-los bem, para evitar problemas respiratórios). Dessa forma, as crianças podem engatinhar e circular pelo espaço sem se machucarem.

Cabaninhas em cima dos colchões vão deixar o ambiente bonito e ainda mais atrativo para as crianças explorarem. Demais!

Enfim os famosos espelhos são usados na proposta Montessori para que as crianças possam se conhecer melhor. Mas não se esqueça: é importante que o objeto seja de acrílico e esteja bem fixado na parede para não oferecer riscos.

A ideia de deixar os objetos ao alcance das crianças permite que elas possam explorar os brinquedos e também aprender a organizá-los. observem que em todas as fotos os objetos estão sempre na altura das crianças. Além dos tradicionais brinquedos, você também pode colocar objetos da casa (utensílios de cozinha que não oferecem riscos, como colheres de pau, copos de plástico) para os pequenos explorarem.

Por fim, se o orçamento permitir, você pode criar uma parede magnética no quarto filhote. Incrível, não é?

\download (1)

Segundo Maria Montessori, durante os primeiros anos de vida – inconscientemente de 0 a 3 anos e conscientemente dos 3 aos 6 anos – a criança absorve os estímulos do ambiente (o que seria denominado pela autora de mente absorvente) e desta forma, constrói o homem.

Na medida em que a criança cresce, o quarto montessoriano cresce junto, adaptando-o para a necessidade dela em cada fase da infância. Novos recursos, experiências táteis e possibilidades de escolhas vão sendo inseridos.

A criança que vive em um ambiente montessoriano, seja em casa ou em uma escola, possivelmente terá mais chances de desenvolver habilidades, exercer a criatividade, ser mais independente e consciente, e é isso que eu quero para a minha filha.

Além disso, a criança que tem um quarto montessoriano é estimulada a ser organizada. Por alcançar prateleiras e caixas, a criança é incentivada a guardar seus próprios brinquedo e livros.

A criança organizada ajudar a manter a organização da casa, pois o espaço de brincar da criança pode se tornar o quarto dela, onde ela é a dona do pedaço.

Por hoje é só. De acordo que eu for organizando o quarto vou mostrando aqui para vocês.

Beijo forte.

OBS: Todas as fotos foram retiradas do google imagens.

 

Referencias:  PEREIRA, LC. Método Montessoriano. disponível em <http://www.infoescola.com/pedagogia/metodo-montessoriano/&gt;

Anúncios

2 comentários sobre “QUARTO MONTESSORIANO

  1. Cassia olivrira disse:

    As crianças precisam ser educadas de forma a se tornarem adultos seguros, independentes e organizados. O método Montessoriano de ensino e de vida possibilita esse crescimento. Se eu soubesse disso qdo Gabriel era bebê, teria fugido do tradicional.
    Parabéns, Danoca por estar sempre a procura do melhor e mais seguro pra sua prole. Eles te agradecerão no futuro.
    Bjocas

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s